¨Invista no aprendizado de seu filho agora e você estará desenvolvendo habilidades para a vida inteira.¨

Fazer uma criança arrumar a cama, tirar o lixo, organizar os brinquedos, tirar o pó, passar o aspirador…, nem sempre é uma tarefa fácil.

Porque isso acontece?

Será que elas já estão em idade de ajudar?

Essas, entre outras, são perguntas frequentes para muitos pais. Dúvidas que fazem os pais, muitas vezes, tornarem-se colaboradores na vida desregrada dos filhos.

Pois bem, vamos tentar ajudá-las contando como fazemos em nossas casas.

Primeiro, queremos esclarecer que a idade mínima para uma criança ajudar na organização doméstica não existe, mas é claro que será necessário observar o que é compatível com cada idade. Por exemplo, não tem fundamento algum pedir para uma criança de dois anos passar o aspirador na casa, porque ela não tem tamanho e nem força para desempenhar essa tarefa, mas ela pode tranquilamente ajudar a guardar seus brinquedos após terminar a brincadeira.

Dicas  que funcionam muito bem em nossas casas:

Quando as crianças eram muito pequenas (entre 5 e 6 anos) dávamos tarefas do tipo: ajudar a guardar os brinquedos, secar louça, tirar o pó e auxiliar na colocação da mesa para as refeições. Nessas idades é muito importante fazer junto com as crianças para tornar a tarefa mais agradável e menos cansativa, mas ainda assim educativa.

Na medida em que foram crescendo, o grau de dificuldade foi aumentando e elas passaram a ajudar na arrumação da cama, na lavagem da louça, na organização dos seus materiais escolares, nas retiradas do lixo, até fazerem os primeiros bolos (arriscarem-se na cozinha).

Até hoje funciona muita bem, nas duas casas, a parceria entre irmãos e a ¨troca¨ de favores entre os pais e as crianças (elas nos ajudam na louça do jantar e nós retribuímos juntando com elas os brinquedos espalhados pela casa, por exemplo).

Querem ver uma ideia: vocês tem animais de estimação em casa? Porque não dar às crianças a responsabilidade de alimentá-los diariamente? Pode parecer nada, mas saibam que é bastante para algumas crianças que não tem até hoje compromisso nenhum com ninguém e com nada. É uma boa escolha para quem quer começar, pois elas não irão cansar e, geralmente, gostam dos seus bichinhos.

Criem o hábito de elogiar tudo o que elas fazem para o bom andamento da casa. Ainda que pareça pouco, um elogio sempre cai bem e serve como um incentivo para contribuir, outras vezes, em mais tarefas.

É muito gostoso acordar e receber um beijo com aquela frase: ¨mãe, vem ver o que eu fiz!¨, e ao entrarmos no quartinho vemos tudo arrumadinho por elas.

Nossa! É muito orgulho.

Melhor ainda é quando os nossos filhos são elogiados pela organização na casa das(os) amiguinha(os), na escola, nos avós…

Agora, uma coisa é certa: o exemplo dos pais é a melhor dica que podemos dar nessa situação.

Não adianta exigir delas o que nem mesmo vocês fazem, concordam? É como diz o velho ditado, “um gesto vale por mil palavras”.

Bom, nunca é tarde para começar.

Tentem e qualquer coisa que precisarem, não somos a Supernanny, mas podemos ajudá-las.

Ensinar a criança a ser organizada é uma maneira de amar também!

Criem junto com elas hábitos saudáveis!!!

Crianças organizadas tem mais chance de se tornarem adultos bem sucedidos na vida profissional e pessoal.

Pensem nisso e criem grandes homens e grandes mulheres dos quais sentirão um imenso orgulho no futuro.

Beijinhos…

selo

Anúncios